Paulo Afonso-BA: Trabalhadores que foram enganados, retornam da Paraíba e são escoltados para triagem contra o Coronavírus

Os trabalhadores pauloafonsinos que foram levados a cidade de Souza no Estado da Paraíba por um suposto agenciador, retornaram em 04 ônibus para Paulo Afonso Bahia. O calote utilizando essa mesma modalidade já aconteceram por várias vezes na cidade, sendo esse, o mais propagado devido o alcance das redes sociais.

Comenta-se que cada trabalhador pagou pelo o emprego o valor de R$ 380.00,00 (trezentos e oitenta reais). Lá, os trabalhadores teriam direito a hospedagem e alimentação até a assinatura da carteira de trabalho, fato esse, que não aconteceu, deixando-os em estado de abandono.

Segundo os vídeos enviados por eles, o governo municipal e povo Paraibano foram solidários, doando água e alimentos, também como foi destinado um espaço numa Escola Técnica para que eles aguardassem a solução do problema.

Na madrugada de hoje 20 de março de 2020 por volta das 03h30min, em Paulo Afonso Bahia foi montada uma força tarefa envolvendo a PRF-Polícia Rodoviária Federal, PM-Polícia Militar, GTRAN-Agentes de Trânsito, GCM-Guarda Civil Municipal. com o intuito de escolta-los e apoiarem na chegada dos 04 ônibus provenientes do Estado da Paraíba com os trabalhadores de Paulo Afonso e Região.

O destino dos passageiros foi o Ginásio de Esportes Luiz Eduardo Magalhães , onde passaram por triagem da Secretaria Municipal de Saúde. Logo em seguida foram liberados para reverem seus familiares.