Paulo Afonso-BA: RAPIDINHAS em 25 de março de 2020. Por Francisco Sales

RAPIDINHAS/em 25 de março de 2020.

Por Francisco Sales

O governo Municipal de Paulo Afonso Bahia iniciou a semana em 23 de março de 2020 recebendo uma enxurrada de críticas em diversos pontos da cidade e por diversos motivos, UMA VERDADEIRA TURBULÊNCIA para o governo municipal.

BARONESAS I

O retorno das BARONESAS que até o momento o município só enxugou gelo. Primeiro colocou uma rede de contensão para impedir que as algas não prejudicassem mais os proprietários de bares e restaurantes do Balneário Prainha, local de visitação turística, sendo que o cabo de aço foi arrebentado pela força da água.

BARONESAS II

Nas Audiências Públicas realizadas com essa mesma problemática ambiental das Baronesas, onde reuniu várias instituições, MPE, Prefeituras, Câmaras de Vereadores, Ong`s, órgãos ambientais, Universidades, entre outros, e nesse momento o município foi orientado a comprar um HIDROTRATOR  que retira as plantas de dentro dos rios e lagos, e que na medida que são retirados através de esteiras rolantes são automaticamente triturados, servindo de adubo e ração animal. Essa proposta é viável e economicamente sustentável.  É um paliativo, porém, enquanto não controlar 100% o lançamento de esgotos não tratados nos rios, o pior vai acontecer.

FALTA DE PLANEJAMENTO HABITACIONAL

As FORTES CHUVAS vem causando um caos no município. As inundações antes estavam atingindo os bairros periféricos, e a desculpa era porque os moradores eram invasores, ou seja, os invasores construíam suas casas em lugares inadequados, por isso que acontecia esses fatores catastróficos. Só que esse final de semana as chuvas castigaram até mesmo bairros nobres e os pontos turísticos da cidade, que foram recentemente construídos, a exemplo do Parque Balneário, atingindo residências circunvizinhas até então seguras, como é o caso da Rua da Aurora no Acampamento Chesf. Segundo moradores faltou planejamento.

PLANO HABITACIONAL NÃO É LUXO

A falta de um Plano de Governo onde inclua o povo pobre com Programa Habitacional, com saneamento básico, quadra poliesportiva, escolas, posto de saúde, praças, ruas pavimentadas, arborizadas e iluminadas. Não é pedir de mais. PLANO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO NÃO É LUXO, É DIGNIDADE.

ZONA RURAL I

O povo que reside na Zona Rural de Paulo Afonso Bahia precisa de tão pouco e lhe é negado. Abastecimento Água ainda é através de Carros Pipas, com o rio bem aí…, Estradas vicinais ainda com aquele velho paliativo de passar a máquina, as vezes até sem colocar material e compactá-lo. Os motociclistas sofrem com a falta de carinho e trato nas estradas, quebra peça, fura pneu, é um prejuízo imenso para o homem do campo.

ZONA RURAL II

Sonhar não é pecado, já pensou as estradas da zona rural todas asfaltadas, com ciclovias interligando ao bairros e centro da cidade, Estradas arborizadas com plantas nativas e frutíferas, onde todos pudessem desfrutar das brisas da zona rural, criando trilhas para ciclistas incentivando o turismo rural. Opa, acordei, estou em Paulo Afonso….

POLÍTICA X CORONAVÍRUS I

As pré candidaturas a vereadores e prefeito no município de Paulo Afonso Bahia esfriaram com a pandemia do Coronavírus. Mas, timidamente eles aparecem nas redes sociais e sites regionais. O que importa é está sempre nos olhos e na mente dos eleitores visando 2020. São mensagens desejando saúde, que fiquem em casa, orientando como deve ser portar diante dessa pandemia, são várias estratégicas utilizadas por seus marqueteiros.

POLÍTICA X CORONAVÍRUS II

Há quem diga que essa campanha para vereador e prefeito deve ser transferida para 2022 devido o Coronavírus, seria uma chapa única juntamente com deputados estaduais, federais, senadores e presidente da república. Esse sempre foi o desejo de governos passados e principalmente pelo TSE-Tribunal Superior Eleitoral que garante que fica mais econômico a unificação do processo eleitoral.

POLÍTICA X CORONAVÍRUS III

E se for realmente acontecer as eleições em 2020, será que os pré candidatos vão conseguir realizar suas mobilizações, reuniões, convenções partidárias, enfim, como vai ficar com essa pandemia onde todos ão orientados a ficarem em casa, junto de seus familiares, em quarentena. E os prazos de inscrições de chapas? As Convenções também tem prazos? É esperar para ver no que vai dar. Qual será a posição do TSE.