PAULO AFONSO-BA: DIRETOR É AFASTADO ACUSADO DE TORTURA DE PRESOS, HOMEM É ENCONTRADO MORTO NO PRESÍDIO, VISITAS SUSPENSAS…

Na manhã de hoje 24 de março de 2020 nossa reportagem recebeu informações que o interno Luiz Carlos de Almeida, que chegou de Serrinha foi assassinado na cela no Presídio de Paulo Afonso. O fato foi registrado por volta das 8h30min, o detento foi encontrado pelos agentes de plantão já sem  vida. Comparecendo no local o DPT-Departamento de Polícia Técnica que realizaram a remoção do corpo para perícia no IML-Instituto Médico Legal, o motivo da morte ainda não identificado até o momento.

Ainda segundo informações do Presídio Regional de Paulo Afonso a reportagem ficou sabendo que o Diretor, Major Jorge Gomes, que havia sido exonerado através do Diário Oficial do Estado,  terça-feira, 04 de Fevereiro a pedido do próprio Major Jorge, a fim de ir para reserva (aposentadoria) da Polícia Militar, após conseguir, hoje Tenente Coronel da Reserva, retornou ao comandado do presídio através do Diário Oficial de 04 de março de 2020, mal assumiu suas funções e já foi afastado por 90 dias pela Justiça acusado de crime de tortura de presos. Caso a defesa queira se pronunciar sobre o caso, é só entrar em contato com a redação do site.

Ainda conforme informações de Agentes Penitenciários, desde ontem 23 de março de 2020, quem responde pelo Conjunto Penal de Paulo Afonso é o Diretor do Presídio de Vitória da Conquista Bahia o Dr. Alexasandro de Oliveira. O Professor Dr. Sandro Gomes permanece como Diretor Adjunto.

Continua suspensa as visitas aos presos no Presídio Regional de Paulo Afonso por um prazo de 15 (quinze dias) em função do novo Coranavírus. Podendo ser prorrogável.