Paulo Afonso-BA: Amigos fazem Campanha para músico não vender violão#JorjãoNãoVaiVenderSeuViolão

Esse novo decreto que flexibiliza e permite a abertura de Bares e Restaurantes não agiu de forma justa com os músicos que tocam na noite. Uma grande contradição e uma enorme injustiça, essa categoria também precisa faturar e sobreviver.

Os artistas que trabalham nos Bares e Restaurantes precisariam apenas obedecerem os protocolos de segurança sanitária, seja, distanciamento, alcool, entre outros. O músico por natureza já fica isolado em seu espaço.

 

Um fato curioso e lamentável chamou a atenção nas redes sociais hoje 01 de setembro de 2020 com um anúncio da venda de um violão do cantor Jorjão Lima, seu instrumento de trabalho, para sua sobrevivência, como citou em imagem em anexo. Jorjão chama a atenção da secretaria de cultura e eventos e prefeitura.

Acompanhe o comentário de um dos músicos amigos de Jorjão nas redes sociais:

ATENÇÃO

O infeliz decreto da prefeitura de Paulo Afonso permite que se abra bares, restaurantes e clubes, porém SUSPENDE as atividades artísticas musicais. O resultado lamentável é esse que você constata na foto. Para não deixar nosso companheiro de trabalho se desfazer de seu único instrumento de trabalho faremos uma live. Contamos com a sua solidariedade. Em breve maiores informações.

#JorjãoNãoVaiVenderSeuViolão