Paulo Afonso-BA: Academia de Letras reelege o Professor Antônio Galdino como presidente e elege nova diretoria para o biênio 2019/2021

Em reunião, Assembleia Geral da ALPA, realizada no sábado, dia 21 de Setembro, a partir das 15 horas na Casa da Cultura de Paulo Afonso, os membros presentes, fundadores e efetivos, mais de 50% do total dos votantes, decidiram, por aclamação e unanimidade, reeleger o professor e escritor Antônio Galdino da Silva, presidente eleito em 2017 para o biênio 2017/2019, para continuar presidindo a Academia de Letras de Paulo Afonso por mais um mandato, no biênio 2019/2021, conforme assegura o Estatuto desta Academia.

Na mesma assembleia, os presentes elegeram os demais membros da diretoria da ALPA para este biênio 2019/2021 que ficou assim formada:

Presidente – Antônio Galdino da Silva;

Vice-Presidente – Maria Gorette Moreira;

Secretária Geral – Jovelina Maria Ramalho da Silva (era a segunda-secretária);

Segundo Secretário – Maciel Teixeira Lima;

Primeiro Tesoureiro (a) – Maria do Socorro Araújo Nascimento (era a Secretária Geral);

Segundo Tesoureiro – Luiz José da Silva.

Participaram da reunião os acadêmicos: Antônio Galdino da Silva, José Fernando Silva, Edson José Barreto dos Anjos, Maria do Socorro Araújo Nascimento, Maria Socorro de Mendonça Gomes, Jovelina Maria Ramalho da Silva, Maria da Glória Lira, todos membros fundadores/efetivos da ALPA e Luiz José da Silva, Fernando Lucas Pessoa Mota, Maria Gorette Moreira e Maria Cleonice de Souza Vergne, membros efetivos da ALPA, aptos a votar e serem votados, conforme o Estatuto desta Academia.

Também estavam presentes Marcos Antônio Lima, membro correspondente da ALPA, residente em Santa Brígida/BA e Sebastião Leandro de Morais, membro honorário da ALPA, que não têm o direito de voto mas atuaram com observadores do processo, também assegurado pelo Estatuto da ALPA.

Em reunião da diretoria, que deve acontecer ainda esta semana, serão definidas algumas ações imediatas desta diretoria, tais como o registro da mudança da diretoria no Cartório de Pessoas Jurídicas e a abertura de conta em instituição financeira da cidade. Também será definida a solenidade de posse da nova diretoria em evento público cuja data será amplamente divulgada pela mídia local e regional e pelas redes sociais.

Mensagem do Presidente da ALPA

“Confesso que fiquei surpreso pela decisão unânime dos membros da ALPA presentes à Assembleia Geral desta Academia, no sábado, dia 21 de Setembro, na Casa da Cultura de Paulo Afonso. Agradecendo a todos por mais esse voto de confiança no nosso trabalho, conclamo a todos para continuar a nossa caminhada, de mãos dadas, na luta pela preservação e valorização da memória e da história desta região e os seus valores culturais, com um todo e, de forma bem especial a cultura literária, a literatura, sempre inspirados na mensagem do educador e escritor de mais de cem obras, Rubem Paiva que escreveu: “Escrever é meu jeito de ficar por aqui. Cada texto é uma semente. Depois que eu for, elas ficarão. Quem sabe se transformarão em árvores! Torço para que sejam ipês amarelos.” (Rubem Alves).

Agradecendo a cada um dos caros confrades e confreiras por essa decisão, quero também agradecer ao companheiro de caminhada nesta gestão, o vice-presidente João de Sousa Lima, historiador e escritor, que não esteve presente nesta Assembleia, pelo apoio em nossa gestão que se encerra e formular para ele pleno sucesso na presidência do IGH/PA, que ele assumiu há pouco tempo atrás.

E, como está chegando a Primavera, quando chegam as nossas caraibeiras, os nossos ipês-amarelas, e nos permitem muitas reflexões, que possamos cada um dos membros da ALPA, fundadores, efetivos e correspondentes, ser sementes, mas também, logo árvores frondosas, dando alento, sombra, flores e frutos e inspiração para novos escritores, novas sementes da literatura. Muito obrigado a todos e que, no querer de Deus, tenhamos sucesso em mais esses dois anos de caminhada”. Antônio Galdino da Silva – Presidente da ALPA.